Clássico! Obra de arte! Não importa o adjetivo que dêem, esse primeiro álbum solo de Caetano e um dos melhores trabalhos, ou o melhor, desse artista que ao mesmo tempo que é simples, é arrojado, não há vergonha no seu cantar e nem nas letras, que diga-se de passagem todas tem sua autoria (exceto a “Soy Loco por Ti, América” que é de Gilberto Gil e Capinam).
A abertura fica para a celebre “Tropicália”, onde há uma mistura de sentimentos, onde há criticas ao governo e a sociedade, ele fala até das criticas feita ao seu terno usado no II Festival da Música Brasileira 1967, que todos acharam inadequado para o evento. Os destaques ficam para : “Alegria, Alegria”, “Clarice”, “Superbacana”, “Soy Loco por Ti, América” e “Tropicália”.
“Anunciação” é o exemplo de um som psicodélico feito nesse álbum

FAIXAS

01 – Tropicália
02 – Clarice
03 – No Dia Em Que Eu Vim-me Embora
04 – Alegria, Alegria
05 – Onde Andarás
06 – Anunciação
07 – Superbacana
08 – Paisagem Útil
09 – Clara
10 – Soy Loco por Ti, América
11 – Ave Maria
12 – Eles