Taubaté, junho de 1958. Era lançado um disco em 78 rpm que mudou a história do rock nacional. Dois irmãos que se deslumbraram com a nova onda que estava derrubando todos os padrões de cultura: o rock ‘n’ roll.

De um lado, a música “Perdoa-me” com Tony Campello e no outro, “Belo Rapaz” com Celly Campello. Duas canções que são versões de músicas de sucesso da época, “Forgive Me” e “Handsome Boy”, respectivamente. Essas versões foram feitas por Celeste Novaes e Mário Gennari Filho (grande instrumentista que também usou seu conjunto como apoio para a gravação desse disco).

1958 - Tony e Cely CampelloEsse é o ponto inicial, qualquer livro que queira contar história do rock tem que partir daqui, senão estará começando errado, há algumas pouquíssimas músicas feitas por cantores ou cantoras populares, mas era apenas um lado, esse não, foi o primeiro disco de rock brasileiro. Tony Campello sempre diz: “O rock brasileiro nasceu em Taubaté!” E ele está certíssimo.

Gravado pela Odeon, em São Paulo, esse disco era para ser apenas de Tony, porque a gravadora achava que um rapaz caberia melhor no casting para a juventude, só que Tony insistiu e a eles aceitaram levar para São Paulo. Ainda bem que ele insistiu, ufa!!