O ser humano é fantástico, capaz de fazer coisas realmente incríveis. Mas quando um homem faz coisas além da imaginação, ele deve ser lembrado.

O fabuloso norte-americano Francis Albert Sinatra ou Frank Sinatra merece ser reverenciado. Filho de italianos imigrantes e criador do “Rat Pack” (apelido dado a um grupo de artistas populares, muito ativo entre meados das décadas de 1950 e 1960).

Sem nenhum treinamento em instituições, fora capaz de desenvolver um estilo original e altamente sofisticado (alto nível). O que de mais incrível possuía em sua técnica era a habilidade de criar uma longa e fluente linha musical sem pausas para respiração. Algo muito à frente de sua época. Devido a esse fato, tornou-se um dos melhores artistas da década de 50 até os dias de hoje.

tumblr_lfbzb80EuK1qcx3szo1_500

O encontro de gigantes, que reunia a maior voz do planeta e o compositor que poucos anos antes se tornara uma febre internacional – Art Encontro de gigantes, revista Veja

Sinatra também ganhou o amor em terras tupiniquins. Após o trabalho realizado com o nosso brilhante Antônio Carlos Jobim em uma junção perfeita entre a bossa nova brasileira e o jazz americano, resultando em uma obra de prima. Após essa parceria, Sinatra voltaria mais tarde, onde fez um show histórico no Brasil, especificamente no Maracanã em 1980. O show entrou para o Livro Guinnes dos Recordes, pois o Frank tocou para 170 mil pessoas.

Garota de Ipanema ( Versão Frank Sinatra e Tom Jobim).

O single “New York, New York” não fora uma canção composta por Sinatra, mas foi com a sua voz que essa canção alcançou os maiores lugares e prêmios de sua história. Essa canção somente virou “hit” quando Sinatra, a cantou pela primeira vez em um show que aconteceu no Radio City Music Hall em outubro de 1978. Rapidamente o single atingiu a 30ª posição dos mais vendidos nos Estados Unidos da América.

sin

“Sou a favor de tudo que ajuda a atravessar a noite – seja uma oração, tranquilizante ou uma garrafa de Jack Daniels”. — Frank Sinatra

Com uma das maiores vozes da história, Sinatra encantou o mundo. Mas ele era um artista completo. No mundo das telinhas Sinatra também fora fantástico ganhando inúmeros prêmios no cinema. Apareceu em mais de cinquenta filmes e sua atuação em cena era tão brilhante quanto nos palcos. E foi como filme The Man with the Golden Arm, no qual Frank ganhou o Oscar de melhor ator secundário, mas ainda assim indicado a melhor ator.

PERFIL 2

O encontro de gigantes, que reunia a maior voz do planeta e o compositor que poucos anos antes se tornara uma febre internacional – Art Encontro de gigantes, revista Veja

Existem muitas especulações de que Sinatra tinha envolvimento com a máfia italiana. E por ser descendente de italianos a suspeita rondava sobre ele. Após sua morte, sua filha Tina fez revelações que ligavam Sinatra a esquemas de eleição do presidente Kennedy pelos chefões de Chicago. Há quem diga que Mario Puzo, autor do incrível beste-seller “The God Father” ou “O poderoso chefão” aqui no Brasil, tenha se inspirado em Frank para criar o personagem Jonny Fontane, onde na história cantor que é protegido pela máfia. Frank teve vida longa, mas quando chegou aos 80 anos encerrou sua carreira (1995), e sua saúde estava muito debilitada e 3 anos mais tarde (1998), Frank Sinatra morreu de um ataque cardíaco em Los Angeles.

Frank Sinatra foi um homem fora do comum e muito a frente de sua época, fez muitas coisas importantes para o mundo artístico. Um musico impar que deixou um incrível legado a ser seguido. Um símbolo americano, e deve ser lembrado no passar das décadas. Hoje em dia é muito difícil encontrar um artista tão completo. E hoje, se estivesse vivo, completaria 100 anos de idade. A humanidade tem muito a agradecer pois sua excelente obra serve de inspiração para os que aqui ainda estão. Sim, Sinatra a voz que encantou o mundo.

120610_face_sinatra_FNC_120610_11-49

“Só se vive uma vez e, do jeito que eu vivo, uma vez é suficiente”. — Frank Sinatra