No começo dos anos 90, Seattle era o centro do mundo, uma revolução musical acontecia, e podemos dizer que a foi a última grande revolução musical que aconteceu. E uma das bandas responsáveis por isso foi Pearl Jam. E para começar a sua contribuição para “La revolución” eles vêm com “Ten”.

Falar desse álbum hoje é moleza, só tem sucesso, mas na época o sucesso veio aos poucos. Com quase todas as músicas vinda do antigo grupo do Stone Gossard (guitarrista) e de Jeff Ament (baixista) que se chamava Mother Love Bone. Com esse repertório que já tinha sido ensaiado na antiga banda, a gravação ocorreu rapidamente. Mas as letras ficaram a cargo de Eddie Vedder.

” “Há algo de errado?”, disse ela,
Bem, claro que há
“Você ainda está vivo”, disse ela.
Oh, e eu mereço estar?…”

Letra Alive

Stone Gossard, Eddie Vedder, Jeff Ament, Dave Abruzzese and Mike McCready of Pearl Jam ca 1992 Netherlands

Stone Gossard, Eddie Vedder, Jeff Ament, Dave Abruzzese and Mike McCready

Aos poucos o reconhecimento desse grande álbum aparece, ao começar a lançar os singles. Começamos com “Alive”, uma canção que traz fortes lembranças. Vedder não tem mais certeza de nada, nem mesmo se seu pai é realmente seu pai. “Even Flow” pode ser dita como a melhor canção do disco, a gravação ocorreu depois de inúmeras tentativas de acerto, porque eles sabiam do potencial dela. Uma letra de fúria mesmo estando abandonado nas ruas.

“Jeremy” é uma amostra que o vídeo clipe na época era algo importante, apenas depois da exaustiva execução de seu vídeo na MTV, “Jeremy” ganhou notoriedade. O baixo toma conta da canção, que conta com a inspiração do suicídio de um garoto de 15 anos em 1972, chamado Jeremy Wade Delle.  “Black” não foi lançado como um single, mas fez um grande sucesso, com um lado mais pessoal, essa canção traz um vazio, não há muita coerência, muitos pontos de interrogações.

“Fluxo constante, pensamentos chegam como borboletas
Oh, ele não sabe, então ele os expulsa
Algum dia ainda, ele começará sua vida novamente
Mãos sussurrantes, o conduzem gentilmente para longe…”

Letra Even Flow

As outras canções não fizeram tanto sucesso, mas elas servem como um tesouro que deve ser descoberto. Para aqueles que querem desbravar deem uma atenção para “Oceans” que tem uma sonorização diferente do álbum. E “Porch”, uma canção de amor ao estilo Eddie Vedder.

Um álbum que marcou um tempo, que levou o grunge a um patamar maior, que fez várias gravadoras ficarem de olho nesses grupos. Também marca o poder que Eddie Vedder tinha em seus textos, algo marcante da banda.

“Agarre-se à linha
As correntes mudarão
Me farão deslizar para você
Você sabe que falta algo
E nós somos todos permitidos a sonhar…”

Letra Oceans

FAIXAS

01 – Once
02 – Even Flow
03 – Alive
04 – Why Go
05 – Black
06 – Jeremy
07 – Oceans
08 – Porch
09 – Garden
10 – Deep
11 – Release

Bônus
12 – Alive
13 – Wash
14 – Dirty Frank