Falar em música brasileira de qualidade é falar também em Ivan Lins, um dos mais geniais compositores da história das terras tupiniquins.

Além de compor, Ivan é um ótimo cantor, pianista e representante da nova geração de compositores, onde seus moods moldaram a cara da nova MPB, deixando para trás os velhos padrões e criando novos e belos arranjos, letras e temas.

“Deixa O Trem Seguir” foi o segundo álbum do cantor, e traz consigo belas canções como “Me Deixa Em Paz” (gravado no ano seguinte por Elis, no LP “Elis”, de 1972), “Catedral”, “Deus É Dono”, “Que Pena Que Eu Tenho de Você”, “Depois do Fim”, “Carro Abandonado”, “Deixa O Trem Seguir” e “Onde Bate As Sombras do Teu Olhar”.

“Que Pena Que Eu Tenho de Você”, faixa inicial do álbum, é um misto de bossa nova, samba, álbuns elementos de Jazz unidos de forma muito sutil que faz com que nem percebamos.

“Deus é Dono” ao contrário da faixa anterior, leva uma melodia belíssima em violão, com linhas de contrabaixo bem expressivas. Em seu refrão, é nítido a quebra de tempo realizada de forma fantástica e um incrível acompanhamento de violino entra sem cena elevando o nível da canção com maestria.

“Me deixa em paz” talvez seja a música mais famosa do álbum, por ter sido regravada na noz de Elis Regina no LP “Elis”, de  1972. Uma canção bem prazerosa de se ouvir. Um sambinha bem gostoso, com elementos de bossa nova difundidos. O arranjo em piano é simplesmente fantástico.


Elis Regina e Ivan Lins em Festival Internacional da Canção.

Elis Regina e Ivan Lins em Festival Internacional da Canção.


“Deixa O Trem Seguir” música tema do disco, possui um ar diferente de todas as musicas do disco. Possui uma melodia mais calma, e traz um ar meio psicodélico e calmo ao mesmo tempo, que fica difícil definir ao certo o que realmente é, mas a forma que foi gravada transforma o que poderia ser esquecido, em uma das músicas mais geniais do disco.

Um disco muito bem produzido e bastante interessante onde você tem muitos elementos de diferentes estilos musicais, isso torna ainda mais fantástico pensar na forma que Ivan Lins compõe suas canções desde os tempos de outrora. Esse disco mostra que Lins desde muito jovem, possuía um excelente talento para grandes composições e que prêmios que viria a ganhar com todos os méritos.


Faixas

1 – Que Pena Que Eu Tenho de Você

2 – Deus É Dono

3 – Deixa O Trem Seguir

4 – Depois do Fim

5 – Catedral

6 – Para Viver O Que Eu Vivi

7 – Me Deixa Em Paz

8 – Carro Abandonado

9 – Oba

10 – Longe

11 – Onde Batem As Sombras do Teu Sorriso

12 – Oração Sobre o Mar Branco


Ivan Lins – Deixa O Trem Seguir (1971)