Dolores foi daquelas mulheres que para deixar sua marca teve que passar por cima de vários obstáculos, muitos criados sem relevância, mas ela, linda e exuberante e ao mesmo tempo sendo simples nas suas atitudes nos deu algumas canções que levaremos para o resto de nossas vidas. Ao ouvir “Por Causa de Você” sentimos o ponto mais forte de Dolores, a emoção colocada nas suas interpretações. A ênfase ainda é maior, quando é uma canção escrita por ela.

Dolores sempre foi uma profissional dedicada, tinha o costume de chegar cedo as boates (nos anos 50 era os locais mais frequentados pela burguesia) que ela cantava, para se preparar, em um desses dias, encontra o seu amigo recente, Tom Jobim, que também tinha essa mesmo profissionalismo. Ela ouviu uma melodia que ele estava tocando, encantou-se e foi falar com ele se podia colocar uma letra nela. Ele negou, dizendo que já estava prometida a Vinicius de Moraes, seu grande amigo, mas ela insistiu e ele acabou aceitando, naquele mesmo momento ela se debruça no balcão da boate e com um lápis de maquiagem começa a escrever o que veio a ser “Por Causa de Você”.

051127170

Tom leva a letra a Vinicius para mostrar ao amigo, e se ele concordava com a letra, já que ele já via a prometido, Vinicius sem muito acrescentar, jogou fora sua letra e concordou prontamente que aquela era  a letra ideal. Os desentendimentos amorosos, e suas relações conturbadas, foram as grandes inspirações de Dolores.

“Ah, você está vendo só
Do jeito que eu fiquei e que tudo ficou
Uma tristeza tão grande
Nas coisas mais simples que você tocou
A nossa casa, querido
Já estava acostumada guardando você
As flores na janela
Sorriam, cantavam por causa de você

Olhe, meu bem
Nunca mais nos deixe, por favor
Somos a vida, o sonho
Nós somos o amor

Entre, meu bem, por favor
Não deixe o mundo mau
Lhe levar outra vez
Me abrace simplesmente
Não fale, não lembre
Não chore, meu bem”