A música brasileira é rica em talentos musicais, podemos citar inúmeros nomes de cantores, cantoras, grupos, músicos e por ai vai. Mas há nomes que mal ouvimos mais, e Claudia se insere nesse âmbito. Escrachada publicamente nos anos 60 por um mal entendido envolvendo Elis Regina, ela dá a volta por cima em sua carreira nos anos 70 e nessa volta temos um álbum cheio de clássicos da música brasileira que ela insere sua voz sem igual. “Você, Cláudia, Você” de 1971.

claudya-cantoraApenas para esclarecer esse mal entendido mencionado, o Ronaldo Boscoli chama Claudia para um musical intitulado “Quem tem medo de Elis Regina”, ela prontamente rejeita, mas já era tarde, estava na boca do povo que ela ia participar. Elis chama Claudia para seu programa “O Fino da Bossa” da TV Record, e no palco ela questiona Claudia, que diz que não tinha aceitado o convite, mesmo assim ela foi vaiada por alguns minutos. Esse carma perdurou durante algum tempo.

Mas chegou os anos 70 ela lança um álbum que mudaria o seu caminho. Nele temos Gonzaguinha, Antônio Carlos e Jocafi, Paulinho Nogueira, Marcos e Paulo Sergio Valle e Elizabeth. Leu esses nomes? Só feras. Não há como o disco ser ruim. A abertura ficamos com o samba rock (de primeira) “Menina Fulô”,. Depois uma cadência maior com “Desacato” (De Antônio Carlos e Jocafi), uma versão sensacional se não for a melhor que a original e tão boa quanto.

Outros destaque ficam para a dobradinha de Marcos Valle e Paulo Sergio com “Garra” um samba rock com uma pitada de MPB a lá MPB4 e “Intervalo” indo para o mais tradicional, com orquestra ao fundo. “No Próprio Chão” de Gonzaguinha é um samba que vai bem macio, e claro nesse período Gonzaguinha ia com suas letras de mansinho a criticar o que estava errado.

“Não adianta me envolver
Nas artimanhas que você
Preparou!
E vá tratando de esquecer
Leve os breguetes com você
Me zangou!”

Letra Desacato

Todas essas canções tem seu brilho, mas na voz de Claudia ganhou vida. Ao ouvir “Desacato” eu fico imaginando como alguém como ela não teve no mainstream do mundo da música. Uma cantora popular que seus trabalhos não deixaram se apagar com o tempo.

FAIXAS
01 – Menina Fulô
02 – Desacato
03 – Ipanema Leblon
04 – No Próprio Chão
05 – Sinto Muito
06 – Amiga Amada
07 – Garra
08 – Intervalo
09 – Mundo Maravilhoso
10 – Saber de Amor
11 – Pra Você Que Vai Chegar
12 – Vai e Vem