Dizem que o tempo torna as pessoas melhores. Talvez essa regra se aplique para alguns artistas e Djavan não é uma exceção. Demoramos, confesso! Mas resenhamos!

Seu mais recente álbum de 2015 prova que o gênio alagoano possui a capacidade de se reinventar e fazer algo incrível em épocas onde a música está cada dia mais decadente.

O disco “Vidas Para Contar” é simplesmente fantástico e possui elementos combinados da forma na qual somente Djavan consegue fazer.

A primeira faixa “Vida Nordestina” uma das mais fascinantes do disco, uma letra bem escrita, onde mostra a beleza do povo nordestino. Uma canção cuja introdução inicia-se com um ar de sertão, mistura xote de Luiz Gonzaga ao MPB, mas com quebras de tempo típicas das músicas do alagoano. As linhas de baixo são bem expressivas, sem dúvidas, uma ótima canção para iniciar o álbum.


“Só pra ser o sol” som de primeira classe, um groove completamente envolvente, em baixo completamente intenso, uma mistura de Funk/Soul e Jazz sutilmente difundidos ao estilo Djavan de fazer música.

“Encontrar-Te” tema da novela “Totalmente Demais”. Talvez a música mais romântica do álbum, e de fato uma belíssima canção, onde a melodia é tocada em piano, baixo e bateria. Uma canção de peso para o disco e não existem grandes variações durante o decorrer dela.

“Não É Um Bolero” de fato não é, pelo contrário, trata-se de um jazz bem prazeroso de ouvir com arranjos em piano, baixo, bateria e violão. É possível perceber uma série de elementos jazzísticos e que em nada parece com bolero. “Não É Um Bolero”  foi a primeira canção que os fãs puderam ouvir em todas as rádios do Brasil.

“Ânsia De Viver” última faixa do disco, um samba delicioso de se ouvir. Um samba novo, mas que remete a outrora. Um toque contemporâneo e uma pitada de bossa nova, talvez seja a melhor forma de descrever “Ânsia De Viver”.


O cantor, compositor e multi-instrumentista Djavan volta as lojas com seu disco Vidas para Contar, onde traz todo o romantismo das baladas típicas do cantor e compositor, característicos de seus sucessos consagrados

O cantor, compositor e multi-instrumentista Djavan volta as lojas com seu disco Vidas para Contar, onde traz todo o romantismo das baladas típicas do cantor e compositor, característicos de seus sucessos consagrados

O disco inteiro é completamente audível, sem que você precise pular uma faixa sequer. Djavan mostra que realmente aprendeu com o tempo, superando seus discos anteriores no quesito técnica. Um disco muito bem gravado e composto de incríveis músicos.  Uma verdadeira esperança em tempos que a música nacional está tão deprimente, artistas de outrora, voltam a fazer novas músicas para mostrar o que é música de qualidade.

Vidas Pra Contar traz todo o romantismo das baladas típicas do cantor e compositor, característicos de sucessos consagrados de Djavan, como “Flor de Lis”, “Te Devoro” e “Acelerou”.


Faixas

1 – Vida Nordestina

2 – Só Pra Ser O Sol

3 – Encontrar-Te

4 – Primazia

5 – Não É Um Bolero

6 – O Tal Do Amor

7 – Aridez

8 – Vidas Pra Contar

9 – Enguiçado

10 – Se Não Vira Jazz

11 – Dona Do Horizonte

12 – Ânsia De Viver


Ouça: https://www.vagalume.com.br/djavan/vidas-pra-contar.html