Mais um álbum revolucionário da década de 70 no campo de soul/funk dos Estados Unidos. Um disco bem peculiar e feito em moldes completamente atípicos para a época.


James_Brown_and_Flames


The JB’s foi simplesmente a primeira banda do lendário James Brown durante a primeira metade dos anos 70. Apresentavam-se com vários nomes alternados, algumas vezes como “The James Brown Soul Train”, outras “Maceo and the Macks”, horas “The First Family” ou até ”The Last Word”. Além de contar com o incrível Brown, J.B.’s também tocaram para Bobby Byrd, Lyn Collins, cantores que foram associados mais tarde a James Brown.

Quando disse peculiar e atípico, foi fundamentado no fato de que “Doing It to Death” possui algo que podemos transpor para o ditado popular brasileiro de “8 ou 80”. O álbum lançado em 1973 pela “People Records” possui oito faixas dentre elas apenas cinco compõe o disco inteiro em termos de Tempo.


Temos “Doing it to Death Parts 1 & 2” com tempo de duração de 10 minutos, “More Peas” e “Sucker” com oito minutos em média e “La Di Da La Di Day”, e “You Can Have Watergate Just Gimme Some Bucks and I’ll Be Straigh” com seis minutos em média. Todas as canções foram compostas por James Brown.

“Doing it to Death Parts 1 & 2” para mim a música mais fantástica do disco, com inúmeros experimentos, bem típicos ao Funk de raiz. James Brown cantando ao seu estilo, uma guitarra leve atrás fazendo marcação enquanto o Groove do baixo tem em seu domínio toda a levada do som.


 

Faixas

1 – Introduction to the J.B.’s – 0:24

2 – Doing it to Death Parts 1 & 2 – 10:01

3 – You Can Have Watergate Just Gimme Some Bucks and I’ll Be Straight – 0:14

4 – More Peas – 8:27

5 – La Di Da La Di Day – 5:39

6 – You Can Have Watergate Just Gimme Some Bucks and I’ll Be Straight – 0:14

7 – Sucker – 8:10

8 – You Can Have Watergate Just Gimme Some Bucks and I’ll Be Straight – 6:28