Canção muito popular nos E.U.A., foi escrita pelo compositor/ cantor Ewan MacColl. Ele escreveu essa canção para Peggy Seeger, cantora que era popular no meio folk. Ela foi composta em 1957 e há duas versões: A primeira é que ele escreveu para usar em uma peça que ela estaria participando. A outra é que MacColl escreveu diretamente para Seeger, com quem ele teria tido um caso, mesmo ele sendo casado.

“A primeira vez que vi seu rosto
Eu pensei que o sol nascia em seus olhos
E a lua e as estrelas
Eram os presentes que você deu
Aos céus escuros e sem fim,
Meu amor”

Há inúmeras versões, mas nada se compara com a versão de Roberta Flack. Em 1969 ela canta essa canção em seu disco de estreia. Uma versão bem mais lenta, comparada com a original, mas sem muito alarde. Em 1971 no filme “Play Misty for Me” (No Brasil chamou-se “Perversa Paixão”), a canção ganhou força, fazendo a Roberta Flack relançar no álbum de 1972, mas agora com uma versão mais curta, já que a primeira versão de 69’ tinha mais de 9 minutos.

Essa versão foi um tremendo sucesso, ganhando a 1° posição da Bilboard. Versão pela qual aparece até hoje em seriados e filmes.

“A primeira vez que beijei sua boca
Eu senti a Terra mover em minhas mãos
Como um coração assustado
De um pássaro aprisionado
Que estava lá, ao meu comando,
Meu amor.”

Finalizando a história de Ewan e Seeger:

Anos mais tarde MacColl e Seeger não esconderam mais a paixão que um tinha pelo outro, algo que era notório, até mesmo porque ele escreveu várias canções pensando nela, algo que ele nunca escondeu. Em 1977 casaram e permaneceram juntos até a morte de Ewan em 1989.

“A primeira vez que me deitei com você
Eu senti seu coração tão perto do meu
Eu pensei que nossa alegria
Preencheria a Terra
E duraria até o final dos tempos,
Meu amor”

E duraria até o final dos tempos.”