Presente no álbum “Brasil”, de 1989, “Beber Até Morrer” tem uma história curiosa. Corre a lenda de que o Ratos de Porão estava em estúdio com o guitarrista do Sepultura Andreas Kisser e este tocou um riff apenas por diversão. Aproveitando-se disso, João Gordo & Cia “pegaram” esse riff e inseriram na canção.

“Baratas nas paredes, aranhas pelo chão

Cobras na sua cama e ratos no porão

Problemas na cabeça não dá quase pra pensar

Enfie o dedo na goela e tente vomitar”

Em relação à letra, ela fala de pessoas que bebem para esquecer os seus problemas e questiona se beber é realmente a solução, uma vez que, mesmo depois de um porre daqueles, os problemas da vida estarão lá para serem resolvidos.