Por essa o mundo não esperava! Mano Brown, o nome mais conhecido do rap nacional fazendo um álbum totalmente setentista, cheios de moods de Soul, Funk, Disco e Hip Hop.

Em um momento de muita tensão política no Brasil, onde nossos políticos envolvidos em corrupção revoltam a grande massa, aquele que muitas vezes fora o estopim ou até a mesmo a direção a revolução, viera desta vez com um Disco bem leve, como se o motivo fosse realmente acalmar os ânimos da população. A comunicação com a periferia continua, mas desta feita, com sons dançantes e muito bem arranjados.

Boogie Naipe disponível desde Dezembro nas mídias Streaming, conta com 22 faixas muito bem gravadas. Mano Brown fez um incrível misto de rimas atuais com sons do bom e velho black dos anos 70 difundidos de uma forma tão sutil e quase imperceptível.

Ele soa velho, soa novo, soa clássico…..

O álbum mostra as raízes musicais de Brown, não somente em suas letras e referencias, mas também nas participações convidadas, que tanto representam a música negra brasileira.  Nomes como William Magalhães, Hyldon, Carlos Dafé, Ellen Oléria, Wilson Simoninha, DJ Vitória Rios, Seu Jorge, Leon Ware (Musico americano da famosa gravadora Motown), Don Pixote, DJ CIA e claro aquele que não poderia faltar, o majestoso Cassiano (de quem o Brown é extremamente fã), todos empenhados em extrair o melhor do estilo com belos Grooves.


Mano Brown - Boogie Naipe (2016) II


Na voz do próprio Brown ouvimos: “Não é um disco de todos os estilos não. É um disco de Funk e Soul. É uma visão minha de Funk e Soul, Música Negra. Não é um disco de World Music, um monte de coisa misturada. É um disco que tem uma direção. É um disco negróide, não diria resgate, pois a minha projeção é pra frente. Eu uso uma química nova, uso uma mistura que já existiu e crio uma química nova. Você pega a coisa do soul, com alguma coisa de outra época com alguma coisa de agora e mistura tudo e faz uma outra música nova. Como quase tudo que existe hoje é uma mistura com alguma coisa que já existiu”.

São 22 faixas de muita musicalidade,  embora pareça longo pela quantidade de canções, mas ao ouvir, percebemos e sentimos o gosto de “Quero Mais”.

Vale muito a pena ouvir !


Faixas

1- Sinta-se Bem Com O Boogie Naipe

2- Gangsta Boogie

3- Mal de Amor

4- Boa Noite São Paulo

5- Mulher Elétrica

6- Foi Num Baile Black

7- Louis Lane

8- Dance, Dance, Dance

9- DJ Vitória Rios

10- Flor do Gueto

11- La Onda

12- Nova Jerusalém

13- Nave Mãe

14- Por Mim e Não Por Elas

15- Adicto

16- Felizes (Heart to Heart)

17- Amor Distante

18- Amor Distante (Blues)

19- De Frente Pro Mar

20- Você E Eu… Só!

21- Boogie Naipe, Baby!

22- Felizes


Mano Brown – Boogie Naipe (2016)