Author

Paulo Rezende (Memphys)

Eric Clapton – Slowhand (1977)

Um dos meus álbuns preferidos do renomado, clássico e autêntico guitarrista britânico Eric Clapton. Slowhand é uma coleção de ótimas canções lançadas em um único disco. Algo que certamente deve fazer parte de sua coleção de discos, cd’s, mp3 ou… Continue Reading →

Eric Clapton – Cocaine (1977)

Cocaine sem dúvidas é um dos maiores clássicos da musica internacional e um dos singles mais marcantes gravados por Clapton. Composição de J.J Cale (um dos pioneiros do Tulsa Sound, gênero que mescla blues, rockabilly, música country e jazz) em 1976, ficou famosa após a gravação… Continue Reading →

B.B King – Singin’ the Blues (1956)

O mundo inteiro conheceu o Sr. Riley Ben King, nosso eterno rei do blues, B.B. King. E quem entende um pouco de música, certamente vai perceber que seu título de rei não foi por acaso. Seus solos e riffs melódicos… Continue Reading →

Axel Rudi Pell – The Ballads V (2017)

Mais um novo e belo álbum entra no mercado da música. Desta vez, o ilustre guitarrista Axel Rudi Pell, lança sua quinta compilação de baladas, trazendo faixas inéditas e alguns bons covers.

Stone Sour – Hydrograd (2017)

A banda Stone Sour nos últimos anos vem surpreendendo os críticos musicais e os fãs de rock com seus recentes trabalhos lançados. Liderados por Corey Taylor, um dos nomes mais influentes do metal moderno e vocalista também das maiores bandas… Continue Reading →

Djavan – Sina (1982)

Falar do alagoano Djavan é ter a consciência de suas maravilhosas composições. Djavan é um dos poucos artistas brasileiros com a incrível capacidade de se reinventar e Sina está aí para mostrar o quão sólido é esta verdade aqui dita.

Guinga – Roendopinho (2014)

Poucos são os violonistas me emocionam tanto quanto o carioca Carlos Althier de Sousa Lemos Escobar, mais conhecido como Guinga.

A música e os seus encontros

A música promove muitos encontros em sua história. Parcerias em novas e velhas canções que fazem desse meio algo fascinante.

Stevie Wonder – I Was Made to Lover Her (1967)

Stevie Wonder é um mestre em belas composições desde o início de sua carreira. Simplesmente genial, autêntico e único. “I Was Made to Lover Her” é um excelente álbum que descreve bem a fase setentista de sua carreira, afinal o… Continue Reading →

Ray Charles – This Love Of Mine (1957)

“This Love Of Mine” é sem dúvida, uma das canções mais bonitas cantadas por Ray Charles, senão, a mais bonita. Lançada em 1957 no disco “The Great Ray Charles” a linda canção soa como um jazz dançante ao estilo Frank… Continue Reading →

Creedence Clearwater Revival – Fortunate Son (1969)

Uma das canções mais famosas da banda californiana “Creedence Clearwater Revival” formada pelos irmãos Fogerty (John e Tom).  Inserida no álbum “Willy and the Poor Boys” de 1969, “Fortunate Son” foi lançada em um disco compacto simples cujo lado b… Continue Reading →

Racionais Mc’s – A Vida É Desafio (2002)

“Nada Como um Dia Após o Outro Dia” foi sem dúvidas, o disco de rap nacional mais ouvido nos últimos 10 anos. Álbum este que certamente consolidou e levou a carreira do grupo Racionais Mc’s à outro patamar.

Ze Ramalho – Avohai (1978)

O senhor José Ramalho Neto, mais conhecido como Zé Ramalho, é um dos poucos compositores no Brasil que consegue a façanha de escrever com tantas metáforas e de forma tão inteligente ao mesmo tempo simples.

Mano Brown – Boogie Naipe (2016)

Por essa o mundo não esperava! Mano Brown, o nome mais conhecido do rap nacional fazendo um álbum totalmente setentista, cheios de moods de Soul, Funk, Disco e Hip Hop.

Biquini Cavadão – Zé Ninguém(1991)

Composta no inicio da década de 90, precisamente em 1991, “Zé ninguém” é uma daquelas canções que soa extremamente atual, mesmo tendo sida escrita há mais de 20 anos atrás.

Stone Temple Pilots – Plush (1992)

A canção mais famosa da banda de grunge estadunidense Stone Temple Pilots. “Plush” sem dúvidas, está entre as canções mais tocadas de grunge nas rádios, discos, iPods ou serviços de Streams como Spotify ou Deezer.

PIL – Rise (1984)

Um clássico da banda de pós-punk  britânica Public Image Limited (PIL), nos anos 80. Foi lançada como o primeiro single do disco denominado “álbum” e recebeu inúmeras boas criticas por parte da mídia, publico e críticos musicais da época.

Ozzy Osbourne – Bark At The Moon (1983)

Sem dúvidas, um dos discos mais emblemáticos da carreira de Ozzy Osbourne e da história do rock pesado mundial. Ozzy sempre foi conhecido por escolher muito bem os seus músicos, e ainda mais por revelar incríveis guitarristas, verdadeiros guitar Hero.

Al Green – Let’s Stay Topgether (1972)

Talvez a melhor canção do cantor americano Al Green, “Let’s Stay Topgether” foi um sucesso absoluto na década de 70 sendo regravada diversas vezes com o passar dos anos, dentre essas versões a mais conhecida na voz de Tina Turner.

Dire Straits – Sultans Of Swing (1978)

Canção conhecida no mundo inteiro, presente em diversas coletâneas de rock ou flashback, “Sultans of Swing” foi sem dúvidas, um dos singles mais incríveis da história da musica até hoje.

Muddy Waters – They Call Me Muddy Waters (1970)

Um dos mestres do blues, Muddy Waters, foi o  responsável por uma das músicas mais bem composta do blues. “They Call Me Muddy Waters” é uma verdadeira obra de arte e merece muito mais premiações e reconhecimento, do que de… Continue Reading →

© 2017 — Powered by WordPress

Theme by Anders NorenUp ↑

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting