Category

Anos 70

AC/DC – High Voltage (1975)

Álbum inaugural de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. O disco High Voltage foi lançado somente na Austrália

Carole King – Tapestry (1971)

Antes de “Tapestry” Carole King era uma compositora requisitada, e não uma cantora requisitada. O seu sucesso como compositora já vinha de alguns anos, acho que seu ponto alto foi quando os Beatles

O Grito – Trilha Sonora (1975)

Mais uma trilha sonora que deixou saudades. A novela “O Grito” teve dois LP’s de trilha, uma internacional e outra nacional, e essa última é o destaque da vez. Com o tema de abertura ficando com “O Grito”

Cartola – Cartola (1974)

Agenor de Oliveira já era um nome respeitado no meio do samba, tinha escrito várias músicas para as mais belas vozes desse país: Mário Reis, Francisco Alves, Araci de Almeida e até a eterna Carmem Miranda.

Eddie Kendricks – Boogie Down! (1974)

Um dos discos mais bem feitos de no mundo do soul/funk. Disco feito com qualidade cirúrgica e traz muito forte as raízes do R&B, Soul e Funk.

Gonzaguinha – Plano de Vôo (1975)

Na primeira fase de Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha, ele apresenta um homem mais direto, sem medo, até em algumas vezes mais ríspido.

Milton Nascimento – Milton (1970)

Mais um álbum fantástico composto em terras tupiniquins. Uma verdadeira obra de arte, um disco com elementos de rock, soul, jazz, funk, samba e bossa nova.

Sociedade da Grã Ordem Karvenista – Sessão das Dez (1971)

Os anos 70 foram conturbados, mas foram extremamente criativos, e quando juntaram-se 4 mentes abertas ao novo, mesmo fazendo um disco escondido da gravadora,

Roberto Carlos – Roberto Carlos (1971)

Falar de Roberto Carlos no começo dos anos 70, era falar do artista mais famoso do país, então cuidado com o que se fala. Ele já não aspirava a Jovem Guarda, tinha sua posição sendo estabelecida na música brasileira. Mas… Continue Reading →

George Harrison – All Things Must Pass (1970)

O sonho acabou, ou não !? O mês era outubro de 1970, o ano do fim dos Beatles. Mais como seus ex-companheiros, Sir George Harrison também se lança em carreira solo.

Elvis Presley – Fool (1973)

Tolo, esse é o título do álbum pós-separação de Elvis e Priscilla, um disco onde a tristeza é predominante, onde Elvis não tem vergonha nenhuma em dizer que errou.

Carlos Cachaça – Carlos Cachaça (1976)

Mais uma obra de arte da música brasileira. O único disco solo do ilustre Carlos Cachaça. Uma verdadeira amostra de seu brilhantismo como letrista, compositor e poeta, que pode ser colocado ao lado do gênio Cartola.

The Doors – L.A. Woman (1971)

Definitivamente eles perceberam que o blues era o que eles sabiam fazer de melhor, o público entendeu que The Doors era uma grande banda e que Jim Morrison era uma pessoa única, um poeta único, um grande artista do século… Continue Reading →

The Doors – Morrison Hotel (1970)

Toda banda tem um momento em que percebe que se perdeu, não sabe para onde está indo e The Doors percebeu isso antes de fazer “Morrison Hotel”.

Pholhas – Dead Faces (1973)

Primeiro álbum da banda paulista Pholhas, banda que fez muito sucesso na década de 70, mas continua na ativa ainda nos dias de hoje.

Gerson King Combo – Gerson King Combo (1977)

Mais uma das muitas estrelas em que a mídia e as pessoas esqueceram, mas o 45 rotações faz questão de lembrar.

Jorge Ben – A Tábua de esmeralda (1974)

Um disco bancado pelo dono da gravadora, “A Tábua de Esmeralda” é o rubi de Jorge Ben. Um disco clássico, aplaudido até os dias de hoje trás uma mistura que apenas um alquimista poderia fazer.

Chico Buarque – Meus Caros Amigos (1976)

Uma verdadeira joia da música popular brasileira. Um disco sensacional com músicas que foram eternizadas com o passar das décadas. Um dos principais álbuns de Chico Buarque, o qual ajudou a consolidar sua carreira. “Meus Caros Amigos” certamente não pode… Continue Reading →

Kansas – Leftoverture (1976)

Um clássico do rock progressivo, o Kansas marcou a década de 70 com a música “Carry on Wayward Son” lançada no álbum “Leftoverture”, em fevereiro de 1976. Um álbum com alguns dos maiores sucessos da banda estadunidense.

Belchior – Alucinação (1976)

Em 1976 um disco entra para o rol dos grandes trabalhos da música brasileira. Belchior lança o seu álbum mais celebrado pelos críticos e público, “Alucinação” o melhor do cearense, de um brasileiro, de um rapaz latino americano.

Gal Costa – Fa-Tal: Gal a Todo Vapor (1971)

O grande disco ao vivo do Tropicalismo. Podemos ouvir o melhor de Gal aonde ela se sentia muito bem, o palco! E ela levou o melhor que tinha naquele momento: Caetano Veloso, Roberto e Erasmo Carlos, Luiz Melodia, Luiz Gonzaga… Continue Reading →

© 2017 — Powered by WordPress

Theme by Anders NorenUp ↑

Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting